Dores e delícias de mudar de país

Essa semana eu e a Renata conversamos muito sobre a experiência de mudar de país. Falamos de como foi à nossa adaptação ao Porto e dos sentimentos que tivemos. A gente começou lembrando da parte boa, de quando finalmente sentimos o “clique” e nos conectamos à cidade. Falamos do momento delicioso que é quando nos sentimos pertencendo ao lugar e podemos falar orgulhosamente; essa é a minha cidade!

dores-e-delicias-de-mudar-de-pais (1)

Também falamos do primeiro mês no novo país onde tudo é festa e aventura.

Mas depois, cada uma lembrou de um momento muito tenso, que acontece no meio dessas duas fases; uma fase bem melancólica em que você para e pensa: e agora? Quem sou eu nesse novo ambiente?

Depois dessa conversa a Renata me mandou esse texto maravilhoso em que o autor faz um paralelo entre morar longe e morrer, o que pode parecer meio extremo, mas se você já largou tudo no seu país para ir morar longe e em uma cultura diferente, boto minha mão no fogo que em algum momento sentiu isso. Sentiu que seu “antigo eu” deixou de existir e estava na hora de se reinventar.

Mudar de país foi o maior ato de desapego e uma das experiências que mais me fez amadurecer na vida. Não sei se foi porque aconteceu nas vésperas dos meus 30 anos mas a crise que vivi no meu primeiro inverno no Porto foi de uma profundidade digna de uma música da Nina Simone e um drama digno de um filme do Almodóvar. Me perguntava se, logo eu, que sou super grudada à família e aos amigos, não estava fazendo a pior escolha da vida ao mudar de país.

dores-e-delicias-de-mudar-de-pais (4)

Quando você muda de país todas as suas referências vão por água abaixo. A Renata deu um exemplo clássico: se no Rio ela falava que era formada pela PUC e aquilo fazia sentido para as pessoas, aqui isso não quer dizer absolutamente nada. Eu que gostava de me definir como a típica carioca que gosta de dar um mergulho no mar antes do trabalho e andar de Havaianas por aí tive que descobrir que sou muito mais que isso. Eu não sou apenas o que eu gosto de fazer, não é isso que me define. É mais fácil se definir assim, é mais cômodo se encaixar num modelo que já existe. Mas no novo país você é obrigado a se reinventar. E no começo isso dói. No início é um tapa na cara.

dores-e-delicias-de-mudar-de-pais (3)

A boa notícia é que passa, e vou te falar que depois que passa você agradece por ter vivido isso. Agradece por ter tido a oportunidade de viver experiências realmente novas, de ter tido a coragem de dar a cara a tapa e fica orgulhosa de ter superado os momentos solitários em que você ficou chorando de saudades. Você fica calejado, enxuga as lágrimas e se permite aproveitar tudo o que a experiência de morar fora tem para oferecer. E é uma experiência realmente emocionante! ❤

assinatura_juliana


4 thoughts on “Dores e delícias de mudar de país

  1. Ei Chará, seu texto me deixou tão pensativa!!
    Viverei isso em breve, indo para o Porto com marido e 2 crianças…
    Deixar tudo para trás, não será fácil, mas com certeza nos fará mais conhecedores de nós mesmos…
    Fazer o movimento da mudança em busca de um novo recomeço, vem recheado de medos, inseguranças, mas também de possibilidades de novos sonhos.
    Espero que sejamos felizes ai no Porto, como parece pelos seus textos, que você está.
    Estou adorando o blog de vocês.
    Beijo carinhoso, Juliana

    Gostar

    1. Oi Juliana! Adorei seu comentário! Sim, essa mudança nos faz mesmo mais conhecedores de nós mesmos! A insegurança é normal, mas depois de um tempo nos sentimos mais “cidadãos do mundo”, sabe? Torço muito que sejam muito felizes aqui no Porto, vem com mente aberta e alma de explorador que vai adorar a experiência, tenho certeza! Beijinhos!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s