Vantagens e Desvantagens de morar no Porto

Dia 16 de agosto completei um ano morando no Porto e não me faltam motivos para comemorar essa experiência incrível que está sendo morar aqui. Vivenciar a cultura portuguesa, conhecer pessoas, me adaptar ao sotaque – enfim estou conseguindo entender quase tudo que falam – viver no ritmo da cidade…  tudo isso está sendo muito rico para mim e perdi a conta de quantas vezes me vi agradecendo ao Universo por ter vindo parar aqui.

#1

Embora já faça um ano e considere o Porto o meu lar, ainda tenho surpresas e me encanto com facilidade com coisas bobas; todas as vezes que vejo uma revoada de gaivotas tiro foto. Todas as vezes. Também me encanto quando pego no flagra uma senhorinha estendendo roupas na janela, coleciono fotos de azulejos, ruelas e becos, quase choro de emoção com o pôr do sol no Jardim do Morro, provo mil pastéis de nata como se o sabor ainda fosse novidade e invento desculpas para atravessar a ponte Luis I a pé.

#2.jpg

Fico feliz que já criei meus próprios hábitos na cidade: corridas no cais de Gaia para curtir o visual do Rio Douro, comer éclair na Leitaria da Quinta do Paço, levar um livro e uma canga e sentar para ler em um dos jardins da cidade, levar um vinho e copos de plástico de casa para beber com as amigas nas Virtudes ou Jardim do Morro, observar “o mar virar rio” na Foz. Almoçar uma salada na Mercearia do Miguel, tomar um chá no Ora Café, uma Somersby na esplanada da Praia da Luz, uma pizza na madrugada no Mr. Pizza e sempre que possível dançar um samba no Rua.

Mas claro, nem tudo são flores e para esse texto não ficar uma grande rasgação de seda, que é o que eu sempre faço quando falo do Porto, resolvi hoje listar algumas vantagens mas também algumas desvantagens de viver na cidade. Vamos à elas:

Vantagens:

  1. A cidade é de fato linda

Mais que linda, é charmosa, romântica, tem uma iluminação especial e é super bem conservada. A cidade é cheia de natureza, o que para mim é muito importante: tem mar, rio, parques muito arborizados, flores, pássaros e embora seja um grande centro urbano consegue manter uma atmosfera tranquila e de paz. O seu centro histórico é muito bem conservado, às vezes olho para determinada rua e consigo me transportar para a idade média e imaginar perfeitamente a vida ali. Vejo os resquícios da muralha fernandina, a catedral da Sé, a torre dos Clérigos  monto um filme de época da minha cabeça. Quando vejo as fontes espalhadas pela cidade imagino as mulheres lavando as roupas ali, imagino o vinho sendo transportado nos barcos Rabelo, consigo quase que imaginar os diálogos que deviam acontecer nas praças públicas. Ao mesmo tempo a cidade tem muita coisa moderna e em sintonia com o antigo. Outro dia mesmo falamos aqui no blog da Casa da Música que é um exemplo clássico desse contraste bem feito! Por último tem qualquer coisa na iluminação dos fins de tarde na cidade que me deixam fascinada!

#4

  1. Me sinto 100% segura aqui

O auge da minha alegria foi um dia que sai sozinha para beber um vinho com minhas amigas e voltei para casa às 2h da madrugada de metro. Tendo a comparar minha vida no Porto com a vida que eu levava no Rio de Janeiro e fiquei pensando quando que eu ia poder fazer isso no Rio. Nunca, infelizmente. Me senti tão bem: independente, segura e aproveitando a cidade sem medo. Nunca vi um ato de violência acontecer na cidade, nunca vi um assalto nem uma situação de grande confusão nas ruas. Obviamente isso não tem preço.

#7

  1. Cidade “pequena” com estrutura de cidade grande

Calma, o Porto não é uma cidade realmente pequena. O Distrito do Porto é o segundo maior do país mas comparando com o Rio de Janeiro é bem pequeno. Para se ter uma ideia aqui são 220 mil habitantes enquanto no Rio são 6,5 milhões. Então para mim é uma cidade pequena. O  ritmo é mais lento, o trânsito é infinitamente menor, os eventos da cidade não são tão cheios e até a fila no banco é fácil de enfrentar. Mas nem por isso a estrutura é de uma cidade menor, pelo contrário. Tem várias linhas de metrô, ônibus, bonde e toda uma ótima infraestrutura de transportes. Tem ainda o aeroporto, na minha humilde opinião um dos melhores do mundo e tem auto-estradas maravilhosas que te levam de um ponto a outro sem passar pelo centro que tem as ruas mais estreitas. Tem incontáveis cinemas, museus, teatros, casas de show, ótima vida cultural e noturna. Ou seja, ficamos com o melhor dos dois mundos.

#5.jpg

Desvantagens:

  1. Clima

Tem muita gente que vai discordar de mim, mas de novo lembro que nasci e morei minha vida inteira no Rio de Janeiro e me acostumei com verão o ano inteiro. Eu gosto de sol, muito sol, talvez até exageradamente e também gosto de sentir calor. Só que sentir calor aqui só mesmo no mês de agosto. Junho e julho tem temperaturas super agradáveis e diria até que mais dignas que aquele calor que te faz suar o tempo todo, mas eu queria mais quente. Queria sair à noite de vestido de alcinha mas não dá. A noite quase sempre a temperatura desce e é bom sempre ter um casaquinho por perto. E o inverno? Contei aqui minha experiência e volto a dizer: foi bem difícil para mim. Não tinha vontade de sair de casa, chovia muito e eu não aguentava mais ter que me empacotar toda. Eram camadas e mais camadas de roupa. Mas para mim o pior não é nem o frio nem a chuva mas o vento constante nesta cidade. O frio e chuva ficam muito piores com o fator vento e um dia acho que ainda vou sair voando por aí.

#6

  1. O ritmo da cidade é mais lento

Esse item está presente nas vantagens e nas desvantagens porque é mesmo assim, tem dias que isso é bom e dias que é ruim. Tem dias que a velocidade das coisas me deixa nervosa. O ritmo é mais lento e, embora eu considere um ritmo mais tranquilo  mais saudável, me pego irritada com algumas coisas. O Rio de Janeiro é uma cidade que não pára e me acostumei com isso. Aqui, como já contamos nesse post, é difícil almoçar ou jantar em horários alternativos, em agosto todo mundo tira férias e muitos comércios na cidade fecham completamente durante semanas.  Definitivamente o senso de urgência é outro!  Sei que o resultado final é uma melhor qualidade de vida para todos, mas muitas vezes largar os velhos costumes é difícil.

#3.jpg

  1. Emprego

Novamente, pela cidade ser pequena, não são muitas as oportunidades de emprego. Não é raro ouvir as pessoas reclamando disso, tanto expatriados quanto portuenses. As vagas que aparecem são rapidamente preenchidas afinal de contas, estão todos de olho. E além disso a maioria das vezes não recebemos nem um sinal de fumaça (ou melhor dizendo um email) em resposta as vagas que tentamos concorrer.

Finalmente, posso dizer que é com o coração cheio de amor que comemoro meu 1º ano de Porto, fazendo um brinde a cidade e aos seus encantos! Tin-tin!

assinatura_juliana


21 thoughts on “Vantagens e Desvantagens de morar no Porto

  1. Oi Juliana, boa noite. Peguei sei blog no programa Destino Certo com a Mel. Parabéns ele muito bom e útil também, parabéns. Conheci Porto rapidamente ano passado e achei maravilhoso. Gostaria de saber de vc se com uma renda de aproximadamente 2.000 euros duas pessoas vivem razoavelmente bem aí? Pois em breve me aposento e quero morar em Portugal com minha esposa. Muito abrigado, boa noite e mais uma vez, parabéns. Ah, também sou do Rio, tá terrível aqui, infelizmente!! Valeu!!

    Gostar

    1. Olá José, bem-vindo, obrigada pelo seu comentário. Sim, duas pessoas conseguem viver razoavelmente bem aqui no Porto, em Lisboa talvez não. No entanto, aqui também depende da região que pretende morar. Nos duas moramos em Gaia e gostamos muito. Os apartamentos são mais baratos e a região é muito boa! Triste o que está acontecendo no Rio mesmo, estamos longe mas sempre na torcida para que tudo melhore por aí. Abraços, Juliana e Renata

      Gostar

      1. Olá Juliana, valeu, muito abrigado pela sua dica, espero em breve estar por aí curtindo essa terra maravilhosa. Um grande abraço. Ficarei ligado no seu blog para acompanhar as novidades. Valeu!!!

        Gostar

  2. Fico feliz por sua felicidade meu jovem.
    Me chamo Elvis e tenho muita vontade de morar em Portugal. Não importa se é na cidade ou interior desde que seja em Portugal 🙂
    Gostaria de saber se na minha área e bom para emprego, pintor.

    Gostar

    1. Olá Elvis, é muito difícil para a gente te passar uma informação concreta sobre um trabalho numa área que não é a nossa. O que podemos te dizer é que, por causa do turismo, Portugal está melhor do que há alguns anos atrás e que vemos pelas cidades muitas obras acontecendo. Acreditamos que com uma boa dosse de coragem e muita garra você conseguirá realizar os seus sonhos! Abraços e boa sorte!

      Gostar

  3. Olá Juliana,

    muito bom blog.

    Pode soar repetitivo, porém, qual seria a quantia mínima (em sua opinião) de renda para se viver no limite do aperto na cidade do Porto? Viso estudar na cidade e gostaria sabe se as oportunidades de estudo são grandes?

    Abraços

    Gostar

  4. Olá!

    Saiu enfim minha cidadania italiana e estou pensando em ir morar em Portugal, fiz umas breves pesquisas sobre cidades, Porto, Coimbra e Lisboa.. Pelo que vi Porto seria uma das melhores opções, em função de aluguel e custo de vida. Pode me dar alguma dica a mais sobre empregos e alugueis no Porto?

    Obrigado.

    Gostar

    1. Olá Felipe,

      o Porto realmente é uma ótima cidade para morar. Em relação a dicas de alugueis, temos um post chamado: “Como achar seu apê no Porto” onde damos dicas dos sites para fazer a sua busca. Dicas de emprego não temos, podemos somente adiantar que é um mercado restrito e de difícil acesso. Boa sorte!

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s